28 de setembro de 2007

MODELO DE PROJETO DE XADREZ

CURSO DE CAPACITAÇÃO
NOÇÕES BÁSICAS DE XADREZ
TIMON, 2006

Apresentação
O Curso Noções Básica de Xadrez tem por finalidade capacitar professores das diferentes áreas do Ensino Fundamental e Médio para ministrarem aulas do jogo de xadrez em escola(s) do município de Timon (MA).
Objetivos
Objetivo geral
Capacitar professores do Ensino Fundamental e Médio para ministrar aulas do jogo de xadrez nas unidades escolares do município de Timon.
Objetivos específicos
· Ensinar Xadrez para professores do Ensino Fundamental, priorizando a aprendizagem do movimento das peças e regras inerentes;
· Mostrar ao professor que o Xadrez é um poderoso instrumento pedagógico, estimulante às habilidades cognitivas tais como: atenção, memória, raciocínio lógico, inteligência, imaginação, etc...; capacidades fundamentais no desenvolvimento futuro do indivíduo.
· Resgatar, para seu uso pedagógico, o aspecto lúdico desta disciplina.
· Mostrar ao professor que o Xadrez é um coadjuvante para subsidiar as outras modalidades esportivas no que se refere à memória, visão espacial e raciocínio abstrato.
· Mostrar ao professor que o Xadrez é um meio propiciador da melhoria do poder de concentração com a conseqüente otimização do aproveitamento dos alunos nas outras disciplinas escolares.
· Identificar no na atividade lúdica uma atitude favorável em relação ao xadrez que permita apreciá-lo como elemento gerador de cultura.
· Permitir ao professor estabelecer vínculos entre os conhecimentos e experiências enxadrísticas inerentes à vida cotidiana, individual e social – do aluno – a ser aplicado no processo de ensino-aprendizagem.

Justificativa
Observamos nas nossas atividades como professores do 3° e 4° ciclos da rede municipal de ensino a dificuldade apresentada pelos nossos alunos no que diz respeito aos acúmulos de conhecimentos nas mais distintas áreas, tendo como principais carências: a falta de concentração e memorização, raciocínio lógico-dedutivo na resolução de problemas, na incapacidade de abstração na coerência da idéia central, na pouca paciência para resolução de exercícios e para aprendizagem de conteúdos, sendo esses alguns dos fatores que refletem diretamente no processo ensino-aprendizagem.
Na tentativa de amenizar estes problemas, apresentaremos o jogo de xadrez como ferramenta para auxiliar no ensino, pois este jogo vai trabalhar a atenção, a imaginação, a projeção, a recordação, o pensamento obtido, a percepção de mundo, o planejamento, o rigor mental, a análise sistemática e metodológica do estudo como um todo.
Segundo Rezende (2002, p. 8)
A Educação moderna volta-se cada vez mais para encerrar o ciclo do ensino por adestramento, pela aprendizagem consciente, onde o aluno é estimulado continuamente a aprimorar a sua capacidade de pensar. Neste particular, o Xadrez é uma atividade primordial por excelência, não só por atender às características de desporto estimulando entre outros o espírito competitivo, como adequando-se sobremaneira às exigências da Educação moderna.
No que diz respeito à Matemática o xadrez é um dispositivo eficaz para a aprendizagem da aritmética (noções de troca, valor das peças, controle de casas no tabuleiro, como exemplo de operações numéricas elementares), da álgebra (cálculo do índice de desempenho dos jogadores) e da geometria (o movimento das peças é uma introdução as noções de verticalidade, de horizontalidade, e a representação do tabuleiro é estabelecida como um sistema cartesiano).
O xadrez permite repensar a relação professor-aluno. A estratégia do ensino é bem próxima da estratégia do xadrez, pois dialética e autocrítica ocupam um lugar primordial e o vencido se enriquece mais que o vencedor.
A importância da aprendizagem e da prática do Xadrez na infância e na adolescência vem sendo comprovada por inúmeras pesquisas realizadas tanto em países desenvolvidos como em países de terceiro mundo.
Atualmente, admite-se que a atividade enxadrístico favoreceu o desenvolvimento mental de crianças, além de lhes impor uma disciplina atrativa e agradável, quando ele é introduzido nas classes de baixo rendimento escolar, auxilia o desenvolvimento do sentimento de autoconfiança, visto que apresenta uma situação na qual os alunos têm a oportunidade de descobrir uma atividade onde podem se destacar e paralelamente progredir em outras disciplinas acadêmicas.
O imenso mérito do Xadrez é que ele responde a uma das preocupações fundamentais do ensino moderno, ou seja, o de propiciar a possibilidade a cada aluno de progredir segundo seu próprio ritmo, valorizando assim a motivação pessoal escolar. Do ponto de vista pedagógico, é inegável que este esporte estimula pelo menos 5 capacidades do desenvolvimento cognitivo: raciocinar na busca dos meios adequados para alcançar um objetivo; organizar uma variedade de elementos para uma finalidade; imaginar concretamente situações futuras próximas; prever as prováveis conseqüências de atos próprios e alheios; tomar decisões vinculadas à resolução de problemas.
No que tange à aquisição do julgamento moral, a prática deste esporte conduz à positiva experiência do ganhar e do perder, assim como a formação do caráter, permitindo o desenvolvimento de qualidades tais como: modéstia, prudência, perseverança, autocontrole, autoconfiança e, principalmente sublimação da agressividade.
Professores que pesquisaram o ensino do Xadrez em escolas nas últimas décadas constataram que:
a) o Xadrez ensinado metodicamente constitui um sistema de estimulação intelectual capaz de aumentar o QI das crianças;
b) o aluno adquire através da aprendizagem e prática enxadrístico um método de raciocínio e de organização das relações abstratas e dos elementos simbólicos.
c) o Xadrez é considerado um excelente meio de elevar o nível intelectual dos alunos ensinando o manejo de numerosos mecanismos lógicos e contribuindo para o desenvolvimento de certas qualidades psíquicas e físicas.

Metodologia
O curso será aplicado através:
· de transparências contendo características do tabuleiro, movimento, captura e lances especiais das peças; notações enxadrística e estudo da estratégia;
· aulas expositivas e dialogadas;
· uso de tabuleiro e peças de xadrez para a prática do jogo;
· aplicação de exercícios;
· aplicação de situações problemas.

Cronograma

C.H. Dias
SEX SÁB DOM
5 h 7 às 11:30 h 7 às 11:30 h 7 às 11:30 h

5 h 13 às 17:30 h 13 às 17:30 h X
Total 40 h
Obs.: 1 h/a = 50 min.

Recursos
Cada professor receberá:
· Uma apostila contendo regras sobre movimento das peças e lances especiais, notação, estudo de estratégia e a Lei de Xadrez;
· CD-ROM contendo: softwere (jogo), textos para estudo, esboço de transparências formatadas, endereço eletrônicos para estudo.

Descrição Qt. R$
Alimentação
Hospedagem
Material de Consumo
Material Didático ------------------------------* 150,00
Professor(es) --------------16 h/a ------------- 600,00
Serviços de Terceiros -------------------------- 150,00
Transporte ------------------------------------ 60,00
Total ------------------------------------------1.200,00
OBS.: Valor referente ao material didático distribuído para um grupo de 10 professores.

PROFESSORES RESPONSÁVEIS:
Jefferson Miranda
(86) 9926-0905
E-mail: xadrezdopiaui@hotmail.com
Felinto Ribeiro
Fone: (86) 8803-4465
E-mail: felinto.filho@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixar em português o nome e a origem (cidade, estado, país). Obrigado.
Leave in Portuguese, the name and the origin (city, state, country). Thank you.
Dejar en portugués, el nombre y el origen (ciudad, estado, país). Gracias.
Partez dans le Portugais, le nom et l'origine (ville, état, pays). Merci.
Verlassen Sie in portugiesisch, im Namen und im Ursprung (Stadt, Zustand, Land). Danke.

Postar um comentário