23 de setembro de 2007

PLANO DE AULA DE XADREZ

Iniciei as atividades enxadrísticas- em fase expermental - na Escola Pro Campus, dia 15 de Setembro, com uma boa carga de curiosidade e ansiedade dos presentes (alunos, professores e equipe gestora).
Estou deixando uma sugestão de Plano de Aula neste blog para os professores que trabalham na área:

PLANO DE AULA

Dados
Escola: PROCAMPUS
Professor Jefferson Miranda
Duração da atividade: 50 minutos Data da aula: 14/09/2007
[ X ] Ensino Fundamental [ ] Ensino Médio 5ª e 6ª Séries
Conteúdos: regras, paciência, autocontrole, entretenimento lúdico.
Disciplinas envolvidas: História, geografia e Matemática.

Objetivos
Objetivo Geral
· Dominar as regras inerentes ao movimento das peças de xadrez (rei e dama) e as características do tabuleiro.

Objetivos específicos:
· Conhecer a lenda do xadrez.
· Identificar as características do tabuleiro de xadrez (linhas, colunas e diagonais).
· Aprender a posição inicial das peças no jogo de xadrez.
· Aprender as regras de movimento do rei e da dama.
· Conhecer o xeque-mate de rei e dama no rei adversário.


Metodologia
1. Inicialmente, a classe deve estar disposta em cadeiras individuais, sem o contato com os jogos, de modo que todos estejam atentos para a exposição das normas pelo instrutor de xadrez. Será feita a explanação sobre a lenda mais aceita do xadrez.

2. Logo, disponha a sala em duplas (emparceiradas) de livre escolha entre os presentes, de modo que cada mesa tenha um jogo de peças e um tabuleiro com dois alunos. As peças não deverão estar expostas sobre a mesa.

3. É importante que se faça uma pequena exposição sobre os aspectos históricos na evolução de cada peça do xadrez ocidental.

4. Após o relato sobre a lenda e das normas de andamento das aulas, faz-se necessário destacar a regra correta de arrumar o tabuleiro e suas características (linhas, colunas e diagonais) e arrumam-se as peças sobre o tabuleiro: reis (R), damas(D), bispos(B), cavalos(C), torres(T) e peões (tomando-se os devidos cuidados para que alunos conhecedores das regras não atrapalhem o aprendizado dos outros).

5. Agora, então, demonstram-se os movimentos das peças: rei e dama. Imediatamente, mostra-se como efetuar o xeque-mate com rei e dama no rei adversário. O exercício deve ser realizado em permuta entre os emparceirados. Não é necessária a toca entre as duplas

6. Para encerrar, chame a atenção dos alunos novamente e faça uma breve demonstração dos movimentos do bispo e torre.

Recursos
· Quadro acrílico
· Pinceis para quadro branco preto e azul
· Tabuleiro mural de xadrez
· Jogos de xadrez (peças e tabuleiro)

Avaliação
Como critérios serão considerados: o desempenho do aluno na prática das regras, seu empenho em participar dos exercícios propostos e suas atitudes de reconhecimento da importância da diversidade em sala de aula através da ilustração de si e do outro.

Bibliografia
GIUSTI, Paulo. Xadrez da Escola aos Primeiros Torneios – vol I. São Bernardo do Campo: Barcarola Editora, 1999.

RESENDE, Sylvio. Xadrez na Escola – Uma abordagem didática para principiantes. Rio de Janeiro: Editora Ciência Moderna, 2002.

SILVA, Wilson da. Curso de Xadrez Básico – jogos pré-enxadrísticos. Curitiba: 2002.
OBSERVAÇÃO:
Este modelo (estrutura física) de plano encontrei em pesquisa realizada pela internet e o adaptei a minhas condições.
Jefferson Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixar em português o nome e a origem (cidade, estado, país). Obrigado.
Leave in Portuguese, the name and the origin (city, state, country). Thank you.
Dejar en portugués, el nombre y el origen (ciudad, estado, país). Gracias.
Partez dans le Portugais, le nom et l'origine (ville, état, pays). Merci.
Verlassen Sie in portugiesisch, im Namen und im Ursprung (Stadt, Zustand, Land). Danke.

Postar um comentário